top of page
  • Foto do escritorSusse Magazine

Com sonoridade imersiva do cenário Emo dos anos 90, The Wonderful Now, lança EP "Some Place Like Home"



São Gonçalo (RJ) é uma cidade um tanto ou quanto movimentada. De segunda a segunda, vive uma rotina frenética que vai do caos urbano ao simples prazer de se “fazer do limão uma limonada”. E é nesse contexto que surge a The Wonderful Now (Wonderful Now; TWN), com um Indie Rock que desafia convenções e métodos; que situa-se entre o ruído e a calmaria, em canções dinâmicas, com poucos versos, muitas metáforas e um instrumental melancólico.

 

 No período de 2018 a 2019, foram quase 15 shows entre a cidade do Rio e Grande Rio, com destaque para a edição do Red Bull Music Breaktime Sessions realizada na UFF, Niterói, bem como a abertura para a banda paulistana do selo Balaclava Records, com passagem pelo Lollapalooza, E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante, na Aparelho, Praça Tiradentes, Centro - RJ. A TWN também esteve entre os projetos vencedores do concurso TOTH Single Day do Estúdio TOTH, São Paulo, promovido pelos produtores e membros da banda Bullet Bane, com cerca de 70 inscritos e apenas 4 selecionados.

 

 O grupo, idealizado por Elton Souza e Gabriel Costa, amparado por Matheus Justem, retorna em 2024 com o que parece ser uma versão atualizada ou até mesmo definitiva para o seu primeiro EP – antes, There's No Place Like Home; agora, some place like home –, remanejado e parcialmente captado no conforto de casa, sob alguma supervisão e consistente produção (gravação, edição, mixagem e masterização) de Matt Nunes (Estúdio Mojo); composto de 6 faixas autorais, que flertam, primordialmente, com o Midwest Emo, além de elementos característicos de Post-Rock, Dream Pop e Math Rock, em abordagem ocasionalmente moderna.

 

Como o título já sugere em sua tradução – algum lugar como o lar –, a obra propicia reflexão acerca do que é familiar (do que se conhece ou se presume conhecer) e do que é estranho; incomum (do que foge ao convívio). Trata de relações de causa e efeito referentes a processos de distanciamento e, sobretudo, à sensação de pertencimento e ao autoconhecimento.

Se você curte American Football, Bombay Bicycle Club, Chinese Football, Day Wave, Death Cab for Cutie, E a Terra Nunca me Pareceu tão Distante, Empire! Empire! (I Was a Lonely Estate), Explosions in the Sky, Movements, Mt. Oriander, Prawn, Quarto do L, Toe, TTNG, Turnover, Two Door Cinema Club, We Lost the Sea, Wild Nothing e afins, provavelmente gostará de ouvir The Wonderful Now.

 

"Some Place Like Home": https://bit.ly/thewonderfulrelease



Comments


bottom of page