• Susse Magazine

A Nike está dizendo 'Don't Do It' em uma mensagem sobre racismo na América

A marca famosa por sua campanha incentivando você a ir atrás com o "Just Do It", tomou uma posição contra o racismo com a campanha "Don't Do It" (Não o faças), em novas mensagens focadas na brutalidade policial espalhada pelos EUA.


Na noite de sexta-feira, a Nike publicou um vídeo somente em texto em suas contas de mídia social, com mensagens incentivando as pessoas a "For one, Don't Do It", uma peça do slogan icônico da marca que é reconhecido em todo o mundo.


A mensagem diz: "Pela primeira vez, não faça isso. Não finja que não há problema na América. Não dê as costas ao racismo. Não aceite vidas inocentes sendo tiradas de nós. Não dê mais desculpas. Não pense que isso não afeta você. Não se sente e fique calado. Não pense que não pode fazer parte da mudança. Vamos todos fazer parte da mudança. "


Assista a mensagem: https://www.instagram.com/p/CAygJoHABcX/


A mensagem da Nike chega alguns dias depois que George Floyd, 46, morreu sob custódia policial em Minnesota, com seus últimos momentos capturados em vídeo. Enquanto estava preso, Floyd foi detido pelo joelho de um policial de Minneapolis. O vídeo mostra Floyd alegando que está com dor e não consegue respirar. Então, seus olhos se fecharam e os pedidos pararam. Ele foi declarado morto logo depois. O policial foi preso na sexta-feira e acusado de assassinato.


Para marcar o trigésimo aniversário do slogan "Just Do It" em 2018, a Nike lançou um anúncio com Colin Kaepernick, ex-zagueiro do San Francisco 49ers que se ajoelhou em protesto durante o Hino Nacional por um jogo da pré-temporada na NFL. Nesse anúncio, a Nike registrou protestos durante o Hino Nacional por injustiça racial na NFL, e o anúncio foi precedido pela campanha "Igualdade" da Nike. Lançada em 2017, a campanha focou em como o esporte pode quebrar barreiras.

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram